image


Adoção

VÍDEO: jovem adota cachorro que protegeu carro roubado em Mato Grosso do Sul

Ao encontrar o veículo, Vitor Mangino foi surpreendido com a notícia de que tinha um 'guardião' que não deixava ninguém se aproximar
image Crédito: Reprodução/YouTube
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 3 semanas

O jovem Vitor Mangino, de 18 anos, é um eletricista que mora na Vila Nasser em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, que teve seu carro roubado.

Porém, ao encontrar o veículo, algo inusitado aconteceu. Um cachorro estava ‘cuidando’ do carro para ele. A história foi contada no Twitter do Vitor e acabou viralizando.

Envie esta notícia no seu Whatsapp

Envie esta notícia no seu Telegram

“Acharam meu carro com um cachorro de rua cuidando dele. Não deixava ninguém encostar no carro. É claro que eu não ia deixar ele lá. Adotei. E lhes apresento o meu novo melhor amigo Heineken”, escreveu ele com uma foto do novo amigo que já recebeu um nome. A história já conta com 17 mil compartilhamentos e mais de 204 mil curtidas.

“O carro foi roubado no sábado, eu estava em uma festa e levaram o carro. Eu fiquei procurando, aí demorou e achei o carro na terça-feira, 18, lá nas Moreninhas. Eu estava sem esperança, porque tinham roubado outros carros e todos tinham tacado fogo no carro, só que abandonaram o carro. E eu estava na casa da minha tia quando recebi a ligação da polícia falando que o carro estava lá e me perguntaram se eu tinha algum cachorro e se os ladrões tinham levado também o cachorro”, contou ele.

Segundo Vitor, na hora ele falou que não tinha o cachorro e achou estranho. “Foi quando o policial falou: é que tem um cachorro em cima do carro, ele está bravo e não deixa ninguém chegar perto do carro. Na hora eu arrepiei inteiro, falei que ele seria meu. Fui buscar o cachorro”, contou já até esquecendo do carro. “Já peguei para mim e já dei o nome de Heineken, tá lá em casa”, relembrou rindo e claro, com vídeos muitos fofos do cão.

Imagem: Reprodução/Twitter - Cão não saia de cima do carro e não deixava ninguém se aproximar

Alguns chegaram a sugerir que ele deveria ser chamado de Corsa ou Wind, devido à marca do veículo e outros até brincaram com a situação, chamando de “fan fic”, ou seja, uma história criada. Porém, Vitor postou prints da conversa da polícia com sua mãe.