image


Triplo homicídio

Suspeito de matar esposa grávida, enteada e fazendeiro é encontrado morto em pesídio de Goiás

De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Wanderson estava sozinho na cela
image Crédito: Reprodução- À esquerda Ranielle Aranha, sua filha, e o suspeito dos homicídios, Wanderson Mota Protácio
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 2 semanas

O caseiro Wanderson Mota Protácio, que estava preso desde de dezembro do ano passado suspeito de matar a mulher grávida, a enteada e um fazendeiro, foi encontrado morto dentro de uma cela, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, nesta terça-feira, 18.

Envie esta notícia no seu Whatsapp

Envie esta notícia no seu Telegram

Um procedimento administrativo interno foi aberto para investigar a morte.

De acordo com a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), Wanderson estava sozinho na cela.

O caseiro foi encontrado desacordado por servidores do local durante a entrega do desjejum. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi chamado e atestou o óbito do detento que estava pendurado com um lençol no pescoço.

_______________________________

RELACIONADAS

+ Polícia realiza força-tarefa para capturar caseiro suspeito de matar esposa grávida, enteada e fazendeiro, em Goiás

Em Goiás, homem mata esposa grávida e enteada a facadas

No Rio, mãe assume matar a filha de 3 anos a facadas e jogar o corpo na praia

_______________________________

Relembre o caso

De acordo com as investigações, Wanderson matou a facadas a esposa grávida de quatro meses, Raniere Aranha, 20 anos, e a enteada de dois anos de idade, no dia 28 de novembro de 2021. Após o crime, ele fugiu para a casa de um vizinho, onde roubou um revólver e matou a tiros o fazendeiro Roberto Clemente de 73 anos.

Após o crime, a Secretaria de Segurança Pública de Goiás (SSP-GO) montou uma força-tarefa com as polícias Civil e Militar e com a ajuda da Rodoviária Federal (PRF) para prendê-lo.

Ele se entregou à polícia no dia 4 de dezembro do ano passado.

________________________________________

ACESSE TAMBÉM MAIS LIDAS

image
 
image
 
image
 
image
 
image

Tags