image


Covid-19

FDA autoriza reforço da Pfizer para crianças de 5 a 11 anos nos EUA

Dados mostraram que uma terceira dose da vacina aumentou os anticorpos em 36 vezes nessa faixa etária
image Crédito: Divulgação/Pfizer
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 1 semanas

Em um comunicado à imprensa, Robert Califf, comissãrio da Food and Drug Administration (FDA), informou que a agência concedeu a autorização de uso emergencial para uma dose de reforço da vacina da Pfizer contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos pelo menos cinco meses após a conclusão do esquema primário de vacinação.

- Envie esta notícia no seu Whatsapp

- Envie esta notícia no seu Telegram

“Embora tenha ocorrido em grande parte que a Covid-19 tenda a ser menos grave em crianças do que em adultos, a onda da Ômicron mostrou mais crianças adoecendo e sendo hospitalizadas, e as crianças também podem experimentar efeitos de longo prazo, mesmo tendo inicialmente doença leve”, disse o comissário da FDA nesta terça-feira, 17.

A Pfizer fez a solicitação no final de abril, citando dados da empresa que mostraram que uma terceira dose de vacina aumentou os anticorpos de combate à Ômicron em 36 vezes nessa faixa etária.

“A FDA está autorizando o uso de uma única dose de reforço da vacina Pfizer-BioNTech para crianças de 5 a 11 anos de idade para fornecer proteção contínua contra a Covid-19″.

____________________

RELACIONADAS

FDA afirma que testes rápidos de Covid têm dificuldade para identificar Ômicron

Agência FDA dos EUA aprova uso emergencial de pílula contra Covid-19 da Pfizer

FDA aprova vacina da Pfizer para crianças dos 5 aos 11 anos nos EUA

____________________

As autoridades de saúde pública pediram aos norte-americanos que se mantenham atualizados com suas vacinas contra a Covid-19, incluindo todas as doses de reforço recomendadas, como a melhor maneira de proteger a si mesmos e às pessoas ao seu redor.

O Comitê Consultivo de Práticas de Imunização do CDC se reunirá na quinta-feira, 19, para discutir os reforços da vacina de Covid-19. Embora a agenda da reunião não tenha sido divulgada, uma votação está agendada, de acordo com o Registro Federal.

A decisão de terça-feira significa que qualquer pessoa com 5 anos ou mais agora é apta a receber pelo menos uma dose de reforço.

Aqueles com 50 anos ou mais e pessoas com 12 anos ou mais que apresentam imunocomprometimento são elegíveis para duas doses de reforço no país.

_____________________________

 

ACESSE TAMBÉM MAIS LIDAS

 

image
 
 
image
 
 
image
 
 
image
 
 
image

Tags