image


Conflito

Rússia ameaça Finlândia e Suécia com postura militar caso países entrem na Otan

Governo russo diz haverá consequências mais indesejadas
image Crédito: Divulgação/AFP- Dmitri Medvedev com Vladimir Putin ao fundo
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 3 semanas

O presidente-adjunto do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, afirmou nesta quinta-feira, 14, que o país pode mobilizar armas nucleares no mar Báltico caso a Finlândia e a Suécia se juntem à Organização do Tratado Atlântico Norte (Otan).

Os dois países afirmaram na quarta-feira, 13, que estão analisando a entrada na Otan em resposta à invasão na Ucrânia.

Envie esta notícia no seu Whatsapp

Envie esta notícia no seu Telegram

"Não poderá mais haver um status livre de armas nucleares no Báltico, o equilíbrio deve ser restaurado. Até hoje, a Rússia não tinha adotado essas medidas, e não planejava adotá-las. Mas se formos forçados... lembrem-se que não fomos nós que propusemos isso", disse Medvedev.

Autoridades da Otan disseram ao “Financial Times” disseram que as declarações de Medvedev indicam que a Rússia oficializará o envio de mísseis de cruzeiro Iskander, capazes de transportar ogivas nucleares, para o enclave de Kaliningrado, que fica entre a Polônia e a Lituânia. Isso daria a Moscou o potencial de atacar várias capitais da União Europeia (UE).

_________________________________

ACESSE TAMBÉM MAIS LIDAS

 

image
 
 
 
image
 
 
image
 
 
image
 
 
image

Tags