image


Violência

Com alta de 48,9%, Manaus é a capital do país com maior aumento de mortes violentas em dois anos, diz Anuário

Além de Manaus, outras 5 capitais apresentaram aumento nessa categoria
image Crédito: Reprodução/Internet
Fonte: Portal Norte de Notícia - Há 2 semanas

Manaus é a capital do Brasil que apresentou o maior aumento de mortes violentas intencionais de 2020 a 2021. É o que aponta o Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) divulgado nesta terça-feira, 28.

- Envie esta notícia no seu WhatsApp

- Envie esta notícia no seu Telegram

De acordo com dados do anuário, Manaus aparece em primeiro lugar com um aumento de 48,9%.

A categoria Mortes Violentas Intencionais (MVI) corresponde à soma das vítimas de homicídio doloso (incluindo os feminicídios), latrocínio, lesão corporal seguida de morte e mortes decorrentes de intervenções policiais em serviço e fora.

Além de Manaus, outras 5 capitais apresentaram aumento nessa categoria.

Macapá (AP) aparece em segundo lugar, com um aumento de 31,1%; seguida de Boa Vista (RR), com 9,9%; Teresina (PI), com 9,5%; Porto Velho (RO), 8,6%; e Salvador (Bahia), 3,4%.

Segundo o anuário, 21 capitais apresentaram redução no número de casos de mortes violentas intencionais, sendo a maior queda registrada em Rio Branco (AC), com diminuição de -48%; seguida de Cuiabá (MT), com -39,4%; e Palmas (TO), com -33,6%.

Dados

Em 2020, Manaus registrou 783 mortes violentas intencionais. Em 2021, a capital registrou 1.185, ou seja, um aumento de quase 49%.

Foram 1.717 casos registrados de homicídio doloso nos dois anos, sendo 1.060 somente em 2021.

Em contrapartida, os números de latrocínio, lesão corporal seguida de morte e morte em decorrência de intervenção policial diminuíram.

Em 2020, Manaus registrou 77 casos de latrocínio, 27 casos de lesão corporal seguida de morte e 78 mortes decorrentes de intervenção policial.

Em 2021, foram 44 latrocínios, 12 lesões corporais seguidas de morte e 69 mortes decorrentes de intervenção policial.

SSP-AM

Por meio de nota enviada ao Portal Norte, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) falou sobre os dados apresentados.

"A SSP-AM informa que, de acordo com dados do Centro Integrado de Estatística de Segurança (CIESP), o Amazonas registrou redução seguida de 19% no número de homicídios, entre 2017 e 2020, com uma média de 26,7 homicídios por cada 100 mil habitantes, tendo nos últimos cinco anos, a média de taxa menor que as regiões norte e nordeste.

Com relação ao interior do Amazonas, os dados apontam que 67% dos municípios do interior do estado estão abaixo da média nacional de homicídios, inclusive, registrando uma redução de 14% no primeiro semestre de 2022, com 140 casos contra 162, no mesmo período de 2021. Dos 61 municípios do interior do estado, 14 não registraram nenhum homicídio em 2021.

Por fim, o CIESP alerta que é tecnicamente inviável realizar a medição da taxa por 100 mil habitantes, tendo em vista que a média dos 61 municípios do interior do Amazonas é de 35 mil pessoas, segundo o censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Reiteramos o trabalho das forças de segurança no interior do estado, incluindo o município de Japurá, através da operação Hórus, coordenada no estado pela SSP-AM através do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras e divisas (GG-F), com policiais de tropas especializadas da Polícia Militar do Amazonas (PMAM) deflagrando operações diárias, seja por meio terrestre ou fluvial, com o objetivo de combater a criminalidade. No mês de maio, cerca de 80 agentes reforçaram o policiamento no município por meio da operação Hórus".

_________________________________________

ACESSE TAMBÉM MAIS LIDAS

 

image
 
image
 
image
 
image
 
image

Tags