image


Alerta!

Amazonas volta à fase vermelha de transmissão da Covid-19, após aumento de casos pela ômicron

De acordo com a FVS, a taxa atingiu 2,04 nesta quarta-feira, 26, o que significa que cada 100 infectados podem transmitir o vírus para outras 204 pessoas
image Crédito: Diego Peres/Secom - Amazonas entra na fase vermelha de transmissão da Covid-19
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 3 semanas

O Amazonas voltou para a fase vermelha (risco alto) na transmissão do novo coronavírus. As informações são da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Drª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP).

Envie esta notícia no seu Whatsapp

Envie esta notícia no seu Telegram

De acordo com a FVS, a taxa atingiu 2,04 nesta quarta-feira, 26, o que significa que cada 100 infectados podem transmitir o vírus para outras 204 pessoas.

Conforme levantamento, a média móvel de casos de Covid-19 por dia de diagnóstico, no período entre 1º e 25 de janeiro, apresentou alta de 582% nos últimos 14 dias; e de 74% nos últimos 7 dias, no Amazonas. 

As hospitalizações aumentaram 481% sendo a Covid-19 a causa primária em janeiro, no comparativo ao mês de dezembro de 2021.

______________________________

RELACIONADAS

+ Boca do Acre, no AM, decreta estado de emergência por conta da alta de casos de Covid-19

Amazonas apresenta redução de Influenza e aumento de casos de Vírus Sincicial Respiratório

+ Variante ômicron representa mais de 90% dos casos de Covid-19 no Amazonas, diz FVS

___________________________________

Em relação aos óbitos, o aumento foi de 85% nos primeiros 25 dias de 2022, quando comparado a dezembro do ano passado, conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM). 

Segundo o governo, nesta fase, com a organização da rede assistencial e reestruturação de leitos, o Plano de Contingência não demanda que novas medidas de restrição sejam adotadas.

Na terça-feira, 25, 56 leitos de enfermaria exclusivos para casos de Covid-19 foram reativados no Hospital e Pronto-Socorro (HPS) Delphina Aziz. Além deles, o Estado mantém leitos de retaguarda no Hospital Getúlio Vargas e no Hospital de Combate à Covid-19 Nilton Lins.

____________________________________

ACESSE TAMBÉM MAIS LIDAS

 

image
 
image
 
image
 
image
 
image

Tags