image


Alta

Escrituras de compra e venda de imóveis on-line cresce 38% no Amazonas

Os cartórios registraram 5.248 escrituras no primeiro período, em comparação a 3.798 no período anterior
image Crédito: Divulgação
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 3 semanas

A prática de atos notariais em meio eletrônico, entre eles as escrituras de compra e venda, doação e permuta de bens imóveis, teve um crescimento de 38,2% nos atos negociais no Amazonas. Os dados são da Central de Serviços Eletrônicos do Colégio Notarial do Brasil (Censec).

Envie esta notícia no seu Whatsapp

Envie esta notícia no seu Telegram

O crescimento de 38,2% é em comparação ao primeiro ano completo de seu funcionamento (junho de 2020 a maio de 2021) com o mesmo período anterior (junho de 2019 a maio de 2020).

Lançada em junho de 2020, em meio às restrições de deslocamentos causados pelo ápice da crise sanitária no país, a plataforma e-Notariado permiti a transação de propriedades de forma on-line, por meio de videoconferência com o tabelião e com comprador e vendedor em locais distintos.

___________________________________

RELACIONADAS

Plataforma online permite a localização de cartório para registro de imóveis

Cartórios do Brasil registram recorde de emissão de certidão de óbitos em 2021

Lei que permite regularização de imóveis às margens de rios e lagos é retrocesso legal, critica ambientalista

_______________________________________

Dados

Os dados compilados pela Central de Serviços Eletrônicos do Colégio Notarial do Brasil (Censec), plataforma de dados administrada pelo Colégio Notarial do Brasil – Conselho Federal (CNB/CF) que reúne os atos praticados pelos Cartórios de Notas do país, mostram que em números absolutos foram 5.248 escrituras no primeiro período, em comparação a 3.798 no período anterior.

Em relação à média dos recortes de junho a maio desde 2007, o aumento em 2021 foi de 34,3%.

Quando se compara o ano completo de 2021, primeiro no qual a plataforma eletrônica de atos notariais esteve disponível durante os 12 meses, o crescimento em âmbito estadual foi de 5,7% em relação ao ano anterior (4.990 x 4.720). Já na comparação em relação à média dos últimos 10 anos (2010 – 2020), o ano que se encerrou registrou aumento de 25% no total de atos de compra e venda de imóveis praticados.

________________________________________

ACESSE TAMBÉM MAIS LIDAS

 

image
 
image image image image

 

Tags