image


Julgamento

'Caso Jerusa': réu acusado de matar companheira a facadas será julgado nesta quinta-feira, em Manaus

A sessão está marcada para ocorrer a partir das 9h no Fórum de Justiça Ministro Henoch Reis
image Crédito: Raphael Alves | Arquivo TJAM - Caso Jerusa
Fonte: Portal Norte de Notícias - Há 3 semanas

Nesta quinta-feira, 2, a 2ª Vara do Tribunal do Júri da Comarca de Manaus julga a ação que tem como réu Ivan Rodrigues Chagas. Ele é acusado de matar a companheira, Jerusa Helena Torres Nakamine, em abril de 2018.

Compartilhe esta notícia no seu Whatsapp

Compartilhe esta notícia no seu Telegram

A sessão está marcada para ocorrer a partir das 9h no Fórum de Justiça Ministro Henoch Reis e será presidida pela juíza de Direito Ana Paula de Medeiros Braga Bussulo.

Essa sessão de julgamento estava marcada para ocorrer no dia 20 de setembro, mas por conta da saúde do réu, precisou ser adiada. Na ocasião, Ivan estava em tratamento de saúde, fazendo uso de um dreno torácico, conforme atestados apresentados nos autos. Por isso, não teria condições de participar do julgamento.

Outros adiamentos

No dia 28 de janeiro de 2020, Ivan chegou a ser levado a júri popular, mas no segundo dia de sessão um dos jurados passou mal e precisou ser levado ao pronto-socorro. A sessão foi cancelada por volta das 20h.

O júri foi remarcado para o dia 19 de março, mas foi adiado mais uma vez por conta da pandemia da Covid-19.

___________________________________

RELACIONADAS

+ 'Caso Jerusa': réu acusado de feminicídio vai a júri popular no dia 2 de dezembro, em Manaus

VÍDEO Caso Miss Manicoré: Rafael Fernandez é condenado a 14 anos de prisão pelo assassinato de Kimberly

Caso Flávio: orientados por advogados, Alejandro e Paola Valeiko ficam em silêncio na audiência de instrução

___________________________________

Relembre o crime

De acordo com inquérito policial, Ivan Rodrigues confessou ter matado a companheira Jerusa Helena no dia 12 de abril, por volta das 5h30, na casa em que o casal morava, no conjunto Campos Elísios, Zona Centro-Oeste de Manaus. A vítima foi morta a facadas.

 “Segundo consta no incluso inquérito policial, o casal se encontrava em processo de separação, com acusações mútuas de traições. Havia considerável patrimônio a ser partilhado. Ainda de acordo com o que consta nos autos, o motivo do crime foi ciúmes e tentativa de obter vantagem econômica ao evitar a partilha de bens”, registra trecho da denúncia oferecida pelo MP.

 

Mais acessadas do dia

 

image 

Auxíio Brasil: veja como ficam os pagamentos em dezembro

 

image 

Pacientes que ignoram a vacina da Covid-19 já são 48% dos internados em hospitais de Manaus

 

image 

São Paulo confirma terceiro caso da variante ômicron

 

image 

Brasil e Chile jogam às 20h desta quarta na Arena da Amazônia